Adolescente baleada em colégio em Goiânia tem alta da UTI

A adolescente Isadora de Morais, de 14 anos, uma das estudantes baleadas por um colega de turma no Colégio Goyases, em Goiânia, recebeu alta médica do Hospital de Urgência de Goiânia (HUGO), onde permaneceu internada por quase vinte dias. Apesar de apresentar um quadro clínico regular, Isadora estava em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI), para garantir maior atenção ao seu estado.

Uma das balas atingiu a 10ª vértebra da coluna torácica, e comprometeu de forma definitiva, segundo informações repassadas pela assessoria de comunicação do HUGO, o movimento dos membros inferiores de Isadora. A jovem foi encaminhada na manhã desta quinta-feira (9), para o Centro Estadual de Readaptação Doutor Henrique Santillo, onde ficará na enfermaria e começará a fazer sessões de fisioterapia e reabilitação para adaptar-se à nova condição.

Matéria/MSN