Jurandir (Gordão) homem digno de boas lembranças não de póstumas

Oh Jurandir (gordão), me recuso fazer a ti homenagem póstuma, pois és digno de continuar vivo em nossas lembranças como exemplos de vida que nos deixa…

Apesar da certeza de que a primeira morte chegará na vida de todos mortais, mesmo para os que se dizem preparados para este encontro, não se pode confortar-se diante da eminente dor da ruptura, simplesmente porque a morte é uma intrusa na vida do ser humano.
Gordão, é dessas pessoas que não precisava abrir a boca pra expessar sentimentos, dores ou desejos. Ele, em sua forma simples de ser, os manifestava em seu jeito meigo de acolher a quem dele se aproximava e precisava.

Hoje é um dia diferente, destes, com mistura de dor, tristezas, mas também de compreensão, amor misturado aos insight e pequenas doses de boas lembranças. Gordão foi o tipo de ser humano completo, sabia guardar o silêncio da hora do silêncio, e quando precisava verbalizar algo, principalmente para ajudar seus semelhantes, até mesmo quando precisava ser duro, o fazia com um amor ímpar, com amizade aconchegante. Sempre se valia dos bons exemplos para conviver e auxiliar os diversos no mundo de seus iguais.
Todas as demonstrações manifestas em todos os lugares referente a Jurandir (gordão), de fato tem um PESO, pois são ditas com a maior das verdades, ou seja, tem a essência dele misturadas as de seus pares.
Lamento profundamente sua partida amigo Gordo, chegou sua hora, antes da de muitos que ainda estão por vir, inclusive a minha. Sei que não podes mais ver, ouvir o que escrevemos ou falamos de você, sobre você e pra você, mas me valio da certeza que agora apenas repito o que sempre o fiz referente a ti enquanto você vivia em nosso meio.

Que as bençãos do Deus eterno jamais se aparte da cabeça de sua família aqui na terra, enquanto do vazio de sua ausência na vida deles. Que Deus cuide e guie sua esposa, filhos e netos que virão pela frente.

Adeus amigo meu.

Sem homenagem póstuma, para aqueles que eternamente já nos cativaram com sua essência.

Viva as lembranças que de Jurandir (gordão), sempre teremos.

Foto/Reprodução

CONEXÃO_JESUS_TRANSFORMA!

#IgrejaVivaEmMovimento

Clarivaldo Pessoa
CEO-Jornal e Site Conexão Baiana Notícias
Coach Life & Executive
Um Eterno Flagrante do Óbvio