Ex-presidentes do EC Vitória emitem nota criticando a decisão de Ricardo David de permanecer a frente do clube em 2019

Foto/Reprodução

Os ex-presidentes e Conselheiros Natos, também não gostaram do posicionamento de Ricardo David, de ficar no poder até o final de 2019. O grupo emitiu nota detonando a administração do atual comandante rubro negro :

NOTA PÚBLICA A NAÇÃO RUBRO NEGRA

Os Ex-Presidentes e Conselheiros Natos abaixo assinados, vem a público manifestar tristeza e sobretudo, solidariedade a toda a família rubro negra ante o rebaixamento à segunda divisão do campeonato brasileiro de futebol, confirmada no último domingo.

Nesta terça, 27.11.2018, ao conceder entrevista coletiva a fim de explicar o fracasso de sua gestão, o que se viu foi mais do mesmo! O antes “extremamente preparado”, atual presidente Ricardo David, vale-se de seus erros de 2018, para prometer um 2019 promissor.

Arrogante como sempre, aproveitou para fazer chacota e mandar indiretas.

Quantos erros mais cabem na conta do Presidente?

É preocupante não apenas a realidade atual, mas, também, o futuro que se aproxima ante aos erros de gestão e planejamento cometidos pelo atual presidente que, fruto dos seus equívocos, contribui para a desvalorização da marca Vitória no cenário nacional. Vale ressaltar que se avizinha um 2019 muito mais desafiador que o atual ano. Diante disso, as consequências de uma manutenção de uma gestão desastrosa serão inimagináveis.

Ademais, após o rebaixamento, o atual Presidente não perdeu a oportunidade de – mais uma vez – atribuir a outrem a culpa pelo seu insucesso. O problema da mentira, é que para sustentar a primeira, será sempre necessária contar uma segunda, uma terceira e assim por diante. Ricardo David é o símbolo da frustração, do personagem que pouco a pouco vem sendo amargamente revelado.

SOMOS CONTRA QUALQUER RUPTURA INSTITUCIONAL, e acreditamos que a solução para a situação em que Ricardo David colocou o Clube perpassa pelo cumprimento das normas estatutárias e submissão dos destinos do clube ao seu órgão máximo: sua Assembleia Geral.

Por essa razão e, sobretudo, visando a preservação da instituição, é que os Ex-Presidentes e Conselheiros Natos lamentam o isolamento a que o clube foi conscientemente levado e, exatamente em razão disso, manifesta preocupação com incapacidade de liderar revelada pelo Sr. Ricardo David, que ignora a história do clube a que recentemente diz “amar”.

Embora sofridos e magoados, como qualquer torcedor, os signatários deste documento reafirmam o compromisso institucional, torcendo para que os interesses da instituição Esporte Clube Vitória estejam sempre acima dos interesses pessoais e políticos.

Cumpre ao órgão máximo do Clube, a Assembleia Geral, conforme reza o Estatuto da agremiação, de modo absolutamente democrático, apontar os caminhos que nos tire dessa triste condição.

Salvador, 26 de novembro de 2018

Ademar Pinheiro Lemos

Alexi Pelagio Portela Junior

Antônio Ferreira Neto

Epifânio Carneiro

Manoel Matos

Paulo Carneiro

Paulo Sérgio Peixoto Magalhães

Raimundo Vianna

Por: Igor Guimarães