Luziane Rios ancora do Programa A Hora do Executivo: entrevista Laurivan Silva e Clarivaldo Pessoa na Baixa Grande FM

Para Dr Heraldo Miranda e Guerreiro, é preciso investir nas pessoas. "Temos muito o que fazer, precisamos investir também em "coisas", mas muito mais importante que investir em coisas, é investir nas pessoas, no ser humano, que é quem pode ampliar seus espaços de convergências social."
Na ultima quinta feira (9), Luziane Rios recebeu para entrevista na radio Baixa Grande FM, onde que ela apresenta o programa Hora do Executivo, o Diretor do Departamento de Esportes, Cultura e Lazer (DECEL), o sr Laurivan Silva (Guerreiro), e Clarivaldo Pessoa, CEO do Jornal e Site Conexão Baiana Notícias, que também é assessor de Relações Publicas da NS Comunicações, representando à ASCOM, para falarem de esportes e políticas públicas de inclusão social.
 
Para Laurivan, que teve que se concentrar único e exclusivamente nesse primeiro momento ao esporte, devido o estado encontrado por ele, de total sucateamento da pasta, por parte de antecessores e gestões passadas, este é o sim momento de comemorar, embora ainda haja muito o que se fazer.
“Estamos felizes porque conseguimos descontaminar o ambiente esportivo em nossa cidade, pois antes, éramos fortes, ganhamos como atleta vários campeonatos na região e fora dela, mas durante 12 anos, praticamente acabaram tudo, mal teve uns torneios, campeonato na sede e na zona rural, mas sem o mesmo estimulo e participação dos verdadeiros esportistas e desportistas da cidade. Dr Heraldo é homem apaixonado por esportes, nos convidou, aceitamos o desafio e agora já vemos os frutos, é só observar a maior competição de futebol feminino que realizamos em parceria da prefeitura e comerciantes amigos do esporte, como Nailson Dj, Ailton da Barretos empreendimentos, dentre outros que honrarei nominando cada um deles publicamente, Também apoiamos incondicionalmente o projeto de esportes da polícia militar, aproximando as escolas municipais do projeto, não criando entraves nos espaços públicos como A Praça Esportiva Renan Araujo Batista, sim, nós somos parceiros, mas tinha um diretor na administração passada, que a chave do estádio ficava no bolso, um baba tinha que ficar se humilhando pra ele liberar, ainda achando pouco, impediu um amistoso do Bahia em Baixa Grande, mesmo tendo sido liberado o campo, ele foi no Bahia acabar com à alegria dos baixagrandenses.”
A imagem pode conter: 2 pessoas
 
Já Clarivaldo Pessoa, fez retroalimentação concernente à atual gestão de Heraldo Miranda, falou das ofertas feitas por parlamentares de todo o Brasil, que visam fomentar a inclusão social, em especial através do esportes, bem como pontuou equívocos cometidos por setores atuais em Baixa Grande. “É hora de admitirmos nossas culpas, tratarmos o que precisa ser tratado, nos pacificarmos enquanto grupo administrativo, a vaidade precisa ser arrancada do nosso meio, pois os interesses de Baixa Grande, queiram ou não, estarão sempre acima de tudo e de todos. O povo até já rejeitou dois anos atrás, aqueles que não valorizaram os interesses do município.” Concluiu Clarivaldo Pessoa.
A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sentadas
A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sentadas
Por: Clarivaldo Pessoa
 
CB Notícias, em um segundo tudo pode mudar!